Técnicas de fertilização

Tratamentos para quem está aflita de não ver a cegonha chegar
por Redação Bebê

Quais são as opções de tratamento para quem está passando pela aflição de não ver a cegonha chegar?

O primeiro passo é fazer uma bateria de exames para saber se existe alguma causa para a infertilidade do casal. Basicamente, são avaliadas a função hormonal da mulher, a anatomia uterina, dos ovários e a permeabilidade das trompas. No homem, o estudo da quantidade e da capacidade de fecundação dos espermatozoides através do espermograma é essencial.

Leia também:

Entendendo seu corpo: período fértil

Especialista esclarece 10 principais dúvidas sobre o ultrassom

As 10 maiores dúvidas sobre ovulação

Cada caso de infertilidade terá um método de tratamento mais indicado e a tendência é ser o menos agressivo possível para o casal.

O tratamento para a infertilidade é dividido em duas categorias:

Técnicas de fertilização "in vivo":

- Indução da ovulação: existem medicamentos capazes de induzir a ovulação em mulheres que não tem um ciclo regular. Tem um custo menor quando comparado às de fertilização assistida.

- Inseminação Intra-Uterina (IUU): consiste na introdução do espermatozóide no útero com a ajuda de um cateter. Antes do processo, a mulher deve usar medicamentos específicos estimular a ovulação.

- Transferência Intra Tubária de Gametas (GIFT): depois de coletados, óvulo e espermatozóide são colocados por laparoscopia em uma das trompas da mulher, onde naturalmente ocorre a fecundação e o início da divisão celular. Aí é aguardar a natureza agir!

Técnicas de fertilização "in vitro":

- Fertilização "in vitro" tradicional: ocorre fora do corpo da mulher. O casal recebe tratamento antes do procedimento para aumentar a produção de óvulos e também para a escolha dos espermatozóides com maior chance de fecundação. Para que essa união aconteça, óvulo e espermatozóide são coletados e colocados juntos na mesma estufa. Os embriões formados são transferidos para o útero da mulher após três dias. A chance de ter mais de um bebê é grande!

- Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóide (ICSI): é uma das técnicas mais modernas de fertilização assistida e consiste em colocar um único espermatozóide dentro do óvulo com a ajuda de uma micropipeta. O embrião é transferido para o útero três a seis dias depois. Esse método é mais usado quando a qualidade dos espermatozóides do parceiro é muito baixa.

 

Categoria:

Leia também:

Facebook Comments Box