Líquido amniótico: Volume alto

Quando o volume de líquido amniótico é maior do que o esperado, ultrapassando 2 litros, [...]
por Redação Bebê

Quando o volume de líquido amniótico é maior do que o esperado, ultrapassando 2 litros, a paciente tem um quadro de polidrâmnio. Esta situação pode afetar até 1,5% das gestações, podendo ocorrer de forma aguda ou crônica.

>> Entenda o que acontece quando o líquido amniótico está com volume baixo

>> Saiba o que é o líquido amniótico

A forma aguda constitui um quadro mais grave, e ocorre geralmente no segundo trimestre de gestação, antes da 24ª semana. Já a forma crônica é mais comum no terceiro trimestre, tendo uma evolução mais benigna.

Mais da metade dos casos de polidrâmnio (cerca de 60%) são idiopáticos, ou seja, não possuem causa definida. Contudo, estudos apresentam o diabetes mellitus materno e várias anomalias fetais como fatores de risco para este fenômeno.

A gestante com volume de líquido amniótico aumentado possui sintoma de falta de ar, como queixa mais freqüente, além de apresentar um abdome distendido, liso e brilhante com presença de estrias extensas. Podem ocorrer, ainda, sintomas relacionados à compressão de órgãos adjacentes pelo grande volume uterino, como intestino e bexiga urinária.

O polidrâmnio pode induzir trabalho de parto prematuro, amniorrexe prematura, descolamento prematuro da placenta, hemorragia pós-parto, entre outras complicações que levam risco tanto à gestante, quanto ao feto. Do mesmo modo, esse fenômeno está relacionado com diversas anomalias fetais, aumentando a possibilidade de complicações.

O tratamento para qualquer uma das alterações de volume do líquido amniótico começa com uma meticulosa investigação da causa primária, ou seja, o motivo pelo qual está ocorrendo esta alteração, tanto do oligodramnio, quanto do polidrâmnio. Após a investigação o médico vai conduzir a paciente de acordo com diversas variáveis, tais como: gravidade da alteração do volume e tempo de gestação. Podendo, até optar pela resolução da gestação (parto).

Leia também: 

Gravidez semana a semana: veja o que ocorre com mãe e bebê

Entendendo seu corpo: período fértil

Especialista esclarece 10 principais dúvidas sobre o ultrassom

As 10 maiores dúvidas sobre ovulação

Categoria:

Leia também: