Manchas nos dentes de leite: o que pode ser?

Marianna Feiteiro

Do Bolsa de Bebê

É comum apareceram manchinhas esbranquiçadas ou amareladas nos dentes de leite. Mas você sabe o que elas significam? O dentista Mario Groisman explica quais são as mais frequentes e como tratá-las.

Leia também:

Amamentação é vital ao bom desenvolvimento da face

Meu filho quebrou o dente! O que eu faço agora?

Cuidar dos dentinhos previne ‘cárie de mamadeira’

Manchas brancas

São as mais comuns e podem significar o processo inicial de uma cárie. “A mancha branca confere uma lesão de subsuperfície, porque desmineralizou o esmalte através da ação dos ácidos das bactérias, e o corpo está reformando esse esmalte”, descreve Dr. Mario.

Isso acontece graças a uma bactéria que todos nós temos na boca e que utiliza a sacarose como fonte de energia. Uma vez que essa substância é quebrada, um dos produtos finais que se formam é o ácido lático, que o especialista descreve como o “restinho de alimentação”. Ele é capaz de mudar o PH do dente e corroer o mineral.

A saliva é um componente importante neste caso por dois motivos: ela ajuda a promover uma lavagem e diluir o ácido lático e também tem a capacidade de neutralizar o PH da boca.

Por ser um problema que é “ativado” pela presença dos açúcares, as recomendações incluem controlar a ingestão destes alimentos e também manter uma boa higienização da boca. “Se a criança ainda é muito pequena, os pais devem escovar seus dentes. Se ela já é mais velha, tem de ser orientada sobre como fazer a higienização correta”, recomenda Dr. Mario. Além disso, o acompanhamento profissional é necessário para que se faça uma avaliação precisa do problema e o tratamento adequado, que pode ser feito através do flúor, para remineralizar o esmalte do dente.

Manchas amareladas/acastanhadas

Elas são pigmentos externos, causados pela alimentação ou higienização não apropriada, que causa o acúmulo de placas bacterianas, formando uma placa amarelada. “Não existem alimentos específicos que causam as manchas, é algo muito pessoal que varia a cada criança”, explica Dr. Mario, destacando o café e chá como alimentos que frequentemente causam o problema nos adultos.

As placas amareladas ou acastanhadas podem causar um gosto ruim na boca da criança, além de esconder possíveis lesões de cárie. Segundo o especialista, quando estão em um estágio inicial, é possível se livrar das manchas através da limpeza dos dentes. Porém, quando já penetraram o esmalte, é preciso buscar um profissional que irá identificar as causas do problema. O tratamento é feito através da profilaxia, que é o polimento dos dentes feito no consultório.

Fluorose dentária

As manchas causadas por fluorose dentária são raras, mas podem atingir os pequenos. Elas acontecem devido ao excesso de flúor durante a formação dos dentes, que pode ser originado por alguns fatores, como, por exemplo, água fluoretada, comum em algumas regiões. A mancha tem um aspecto fosco e pode ter cor esbranquiçada ou amarronzada.

O problema não apresenta risco à saúde da criança, porém, pode trazer consequências para o seu convívio social. “Por uma questão de saúde, normalmente não se faz nada para acabar com as manchas. Se o problema for estético e a criança sentir um desconforto social, pode ser feita uma restauração de resina para encobrir o problema. No entanto, as manchas são intrínsecas, ou seja, não podem ser removidas”, esclarece Dr. Mario.

Higienização

“A escovação deve ser combinada com o uso do fio dental e uma pasta de dente que contenha flúor”, recomenda Dr. Mario. Segundo ele, este elemento traz muitos benefícios à saúde dentária, em especial o fortalecimento do esmalte, que é o que protege o dente e previne a sensibilidade.

É importante lembrar, no entanto, que a pasta de dente fluoretada só deve ser utilizada em crianças a partir dos seis anos de idade, quando elas já têm controle sobre a deglutição do creme dental.

O especialista também recomenda que o fio dental seja introduzido desde cedo para a correta limpeza dos espaços interdentais. “Quanto mais cedo você permite que a criança brinque com o fio dental, mais fácil ela vai aceitá-lo quando adulta”, aconselha.

Veja como higienizar corretamente os dentes dos pequenos:

Categoria:

Leia também:

Facebook Comments Box