Soluços

Não se desespere se seu filho tiver o problema. Aprenda a evitá-lo
por Anônimo (não verificado)

Certamente você já deve ter visto uma mãe colocando um pouco de papel molhado na testa de um bebê quando ele tem soluço. Simpatia? Crendice? Técnica com comprovação científica? Nada disso importa! Quando uma criança tem uma crise de soluços, vale tudo para acabar com o problema, que atinge cerca de 80% dos bebês! Mas, você sabe o que fazer quando o "ihhcc" teima em aparecer? A primeira coisa é: não perca a calma!

As causas da irritação do diafragma podem ser a ingestão muito rápida, a deglutição de ar durante a alimentação e a temperatura fria do alimento

O soluço pode aparecer em qualquer momento, até mesmo dentro do útero materno. "Como o soluço está relacionado à imaturidade do sistema neuromuscular, ele pode aparecer ainda na vida intrauterina", confirma Grants Carvalho, pediatra do Hospital Copa D'Or, no Rio de Janeiro. Mas você sabe o que é o tal do soluço? "Ele é o resultado de contrações involuntárias da musculatura torácica, sobretudo, do diafragma. O ar, ao passar bruscamente pela glote fechada (músculo da garganta que deve abrir quando respiramos e fechar ao comermos), acaba vibrando as cordas vocais e produzindo aquele som característico de soluço", explica o especialista.

A boa notícia é que o "barulhinho" tende a desaparecer a partir dos três meses de vida. "Nessa época, o processo de maturação do sistema gastrintestinal já se deu por completo e a tendência é que os soluços diminuam em freqüência e intensidade", garante Alessandro Danesi, pediatra do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Apenas os soluços intensos e freqüentes devem ser motivo de preocupação. "Quando repetidos e difíceis de controlar, eles podem indicar alguma doença, como acidente vascular encefálico, alterações renais e da tireóide", revela Grants. No entanto, antes desse diagnóstico, é preciso verificar a existência de outros fatores como choro constante e perda de peso.

Na hora da amamentação

Se seu filho sofre com soluços, você já deve ter percebido que eles são muito mais frequentes após a amamentação, certo? Mas por que isso ocorre? "As causas da irritação do diafragma podem ser a ingestão muito rápida, a deglutição de ar durante a alimentação e a temperatura fria do alimento", afirma Grants. O refluxo costuma ser o principal causador do incômodo. "Todo o bebê regurgita um pouco durante a amamentação. E essa regurgitação é tanto maior quanto mais preenchido estiver seu estômago. Se essa criança ingerir ar durante o aleitamento, a pressão sobre o órgão aumenta a ponto de elevar a incidência de refluxos, ocasionando os soluços", explica Danesi.

Categoria:

Leia também: